Hoje vi(vi) um filme: Estreias da Semana #27

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Estreias da Semana #27

Hoje são cinco as estreias que prometem agradar a espectadores de todas as idades.

Bonsái (2011)
Do Chile, Bonsái conta a história de Julio, um jovem desajeitado e tímido, que estuda literatura em Valdivia, onde encontra Emilia, uma colega por quem se apaixona e tenta conquistar. No entanto, para tentar manter a todo o custo uma mentira que contou, dá por si a escrever um livro sobre a sua primeira experiência com o amor, contando as memórias de uma antiga paixão. Bonsái celebra a literatura e o amor, num retrato nostálgico e comovente que capta a essência do primeiro amor e a perda da inocência que ocorre quando ele desaparece. Um filme sobre a experiência de um jovem com as mulheres e os livros, contada em dois estágios diferentes da sua vida.

Desafio Total (2012)
Total Recall
Remake do homónimo de 1990, Desafio Total chega-nos agora protagonizado por Colin Farrell. Rekall, é uma empresa que pode transformar sonhos em memórias reais. Para Douglas Quaid, um trabalhador comum com uma bela esposa, uma viagem pela mente parece-lhe ser a solução ideal para fugir à sua vida frustrante. Memórias reais de um super-espião pode bem ser o que ele precisa. Mas quando o procedimento corre mal, Quaid transforma-se num homem procurado. Ao ver-se obrigado a fugir da polícia, controlada pelo Chancellor Cohaagen, o líder do mundo livre, Quaid alia-se a uma combatente rebelde para encontrarem o chefe da resistência e parar Cohaagen. A linha entre fantasia e a realidade confunde-se e o mundo de Quaid balança quando ele descobre a sua verdadeira identidade, o seu verdadeiro amor e o seu verdadeiro destino.

Morangos com Açúcar: o filme (2012)
Morangos com Açúcar: o filme é a transposição da série, que completa este ano o seu novo aniversário, para o cinema. É entre a praia, a piscina, o parque de campismo e o campo de férias, que a acção de o filme se passa. Amigos de longa data reencontram-se e novas amizades acontecem. Margarida, Rui, Leo e Mariana juntam-se aos colegas e vão enfrentar dificuldades nas suas relações amorosas. Há muitas caras que regressam e um evento que ninguém quer perder: o festival de bandas, que está prestes a acontecer. É num ambiente de festa, sempre a celebrar o Verão, onde música não falta, que tudo acontece.

Oslo, 31 de Agosto (2011)
Oslo, 31. august
Anders é um toxicodependente que está prestes a concluir um tratamento num centro de desintoxicação. Uma manhã, é autorizado a ir até Oslo para uma entrevista de emprego. Aproveitando essa permissão, percorre a cidade encontrando-se com pessoas que não via desde há muito tempo. Com 34 anos, inteligente, bonito, de boas famílias, Anders está profundamente angustiado com as oportunidades que perdeu e com as pessoas que decepcionou. Apesar de ser jovem, tem a sensação de que a sua vida já acabou. Com o passar das horas desse dia, os erros do passado de Anders vão suscitar pensamentos sobre a possibilidade do amor, de uma nova vida, e a esperança de imaginar um futuro desde o momento presente até à manhã do dia seguinte.

Women are Heroes (2011)
O documentário Women are Heroes transporta-nos até África, Ásia e América do Sul. O artista francês JR leva-nos a locais dos quais já ouvimos falar na televisão, quando alguma tragédia se abate sobre eles, mas que se encontram afastados dos habituais destinos turísticos. Trabalhando disfarçado, ele transforma as ruas, os edifícios, as favelas em verdadeiras galerias de arte, obrigando os transeuntes a ver arte que, de outro modo, não encontrariam. A sua motivação é trazer à superfície questões fundamentais. Apresenta mulheres generosas que nada têm mas que estão disponíveis para partilhar, com passados dolorosos e que querem construir um futuro radioso. Ao procurar aquilo que é comum aos seus olhares, aproximamo-nos daquilo que é universal: o factor humano. Como artista contemporâneo que cresceu com a Internet e com as imagens digitais, JR experimenta diferentes técnicas cinematográficas e cria a sua própria forma de contar histórias.

Sem comentários: