Hoje vi(vi) um filme: Doclisboa: Riscos e Cinema de Urgência #1

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Doclisboa: Riscos e Cinema de Urgência #1

Riscos: Ashes                                                             *6.5/10*

Para Apichatpong Weerasethakul, a Tailândia, enquanto cheia de beleza, colapsa lentamente na escuridão. Dentro da secção Riscos, no Doclisboa'12, esta segunda-feira foi exibido o documentário Ashes, do realizador tailandês.


Um interessante jogo de cor, luz e som, onde a pequena cadela King Kong surge como a figura de partida.  Mas Ashes contempla também o amor, o prazer, e a destruição da memória. Fala-se de sonhos e da realidade quotidiana. Uma curta documental, intimista e visualmente cativante, onde as imagens que passam por nós são como fragmentos, mas os sonhos também não o são?


Cinema de Urgência: São Lázaro 94                         *6/10*

Dentro da secção Cinema de Urgência, um dos vários exemplos da ocupação de um espaço pela cultura, por um bem maior, é São Lázaro 94, do Cinema Libertário Acção Projecção. Uma reunião de imagens das ocupações e despejos no número 94 da Rua de São Lázaro, em Lisboa. Primeiro é-nos apresentada a ideia, depois vemos o despejo levado a cabo pela polícia e o descontentamento que se lhe seguiu.

Há dez anos ao abandono, o 94 de São Lázaro é ocupado, uma primeira vez, a 25 de Novembro de 2010. No dia seguinte é despejado pela polícia devido a uma ordem da Câmara que diz ter projectos de reabilitação para o local. Dois anos depois, e nada feito, o edifício é novamente ocupado e despejado. Fragmentos de uma experiência colectiva é o que São Lázaro 94 nos quer mostrar.

É apresentado o lado dos "ocupas", os projectos que têm, a limpeza e reestruturação do espaço, que tiveram tempo de fazer até serem despejados. Seguem-se imagens do descontentamento deste colectivo de pessoas, da união por uma causa que parece difícil de concretizar.

Sem comentários: