Hoje vi(vi) um filme: Retrospectiva Kim Longinotto, Histórias no Feminino

quinta-feira, 14 de março de 2013

Retrospectiva Kim Longinotto, Histórias no Feminino

A Retrospectiva Kim Longinotto, Histórias no Feminino chega ao Cinema Passos Manuel, no Porto de 28 a 30 de março e, de 4 a 7 de abril muda-se para o Cinema City Classic Alvalade, em Lisboa.


Esta é a primeira retrospectiva no nosso país sobre a realizadora Kim Longinotto, uma das mais proeminentes documentaristas em actividade, reconhecida internacionalmente. As mulheres estão no centro do seu trabalho, observando, reflectindo e contando as suas estórias. Mulheres que desafiam convenções e lutam contra instituições, opressão e preconceitos. A realizadora documenta e revela as idiossincrasias e os costumes de sociedades oprimentes.

Alguns dos temas em foco nos seus documentários são o divórcio no Irão (Divorce Iranian Style), a mutilação genital feminina no Quénia (The Day I will never forget), a violência sobre mulheres e crianças nos Camarões (Sisters in Law, vencedor do Prémio Arte e Ensaio no Festival de Cannes e Prémio Pobreza Zero do doclisboa 2007), na África do Sul (Rough Aunties, vencedor do Prémio do Júri na secção World  do Festival Sundance) ou na Índia, a educação de crianças emocionalmente perturbadas em Inglaterra ou mesmo a identidade sexual e contradições culturais no Japão. Kim Longinotto assume-se politicamente comprometida e viaja pelo mundo para documentar os aspectos mais difíceis da realidade das mulheres.

A realizadora irá acompanhar o ciclo no Porto. A iniciativa é organizado pela Zero em Comportamento - Associação Cultural em parceria com o programa ARTES da Fundação Manuel António da Mota

Mais informações sobre a Retrospectiva Kim Longinotto, Histórias no Feminino e programa, aqui.

Sem comentários: