Hoje vi(vi) um filme: MOTELx'13: O Crime de Aldeia Velha (1964)

terça-feira, 17 de setembro de 2013

MOTELx'13: O Crime de Aldeia Velha (1964)

*8/10*
A secção Quarto Perdido deste MOTELx'13 trouxe-nos dos melhores filmes do festival. Este ano, a secção que destaca os filmes portugueses do género ficou marcada pela selecção de dois filmes que foram censurados pela ditadura na sua época. O Crime de Aldeia Velha foi o primeiro deles, projectado na passada Sexta-feira, 13 de Setembro, numa sessão que contou com a presença do produtor António da Cunha Telles.


Realizado, em 1964 por Manuel Guimarães, a história de O Crime de Aldeia Velha gira em torno de Joana. Ela é a rapariga mais bonita da terra de Aldeia Velha e, por isso, desperta grandes paixões nos rapazes e grande inveja nas restantes mulheres, que a acusam de estar possuída pelo demónio e de trazer todas as desgraças para as suas vidas.

Toda a superstição portuguesa está aqui bem vincada, no caso, numa aldeia do interior que parece ter ficado parada no tempo. Saber que este filme, com argumento de Bernardo Santareno, tem por base uma história verídica que teve lugar, nos anos 30, em Marco de Canaveses, torna-a ainda mais macabra.


Desde cadáveres pendurados em árvores, batalhas de machados e acusações de bruxaria que, segundo as aldeãs, só se curam pela fogueira, O Crime de Aldeia Velha terá sido um marco no cinema de terror nacional. A crítica que opõe religião e paganismo, onde parece que as artes do demónio residem sim nas católicas mais fervorosas, confere a toda a longa-metragem um ambiente pesaroso e sombrio, que arrepia pela crueldade de ideias e acções das personagens. Ao mesmo tempo, o jovem padre que teme tudo o que acontece nos seus primeiros dias enquanto pároco da aldeia que o viu nascer, não deixa ninguém indiferente, revelando-se mais um desafio ao poder da Igreja em 1964. Facilmente se percebe por que motivo foi este filme censurado na época em que foi feito.

De elogiar igualmente, são os fantásticos cenários que retratam na perfeição esta aldeia isolada, indo mesmo ao pormenor. O elenco tem um bom desempenho, fazendo temer mentalidades, tão longe e, ao mesmo tempo, tão perto da realidade.

Manuel Guimarães desafiou o cinema da época e deixou-nos O Crime de Aldeia Velha, um clássico agora revisitado no MOTELx que deveria ser visto por todos.

Sem comentários: