Hoje vi(vi) um filme: MOTELx'14: The Guest (2014)

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

MOTELx'14: The Guest (2014)

*8.5/10*

Provavelmente um dos grandes filmes do MOTELx'14: The Guest, de Adam Wingard (realizador de You're Next, que fez furor no MOTELx'13) promete muito e oferece ainda mais com um thriller violento e sarcástico.

Aparentemente pouco profundo, mas extremamente certeiro e bem concretizado, é assim o novo filme de Wingard. The Guest alia a história, cheia de suspeitas e segredos, onde não falta uma leve crítica politico-militar, a uma realização e fotografia de excelência, a um sarcasmo muito eficaz, a interpretações interessantes e ainda a uma banda sonora a condizer.

David é mesmo o convidado perfeito. Simpático, bonito e prestável, este jovem soldado visita a casa da família Peterson, afirmando ser um grande amigo do filho que morreu no campo de batalha. A família dá as boas-vindas a David e convida-o a entrar na vida deles, recebendo-o em sua casa. Mas quando várias pessoas morrem misteriosamente na cidade, Anna, a filha adolescente, começa a suspeitar que David é o responsável pelos terríveis crimes.


A atmosfera é de tensão, carregada de ironia, sensualidade e muito sangue. A banda sonora é fenomenal, cheia de sonoridades electrónicas, com uns toques 80's, que encaixam de forma poucas vezes vista nas imagens que passam no ecrã. O trabalho de fotografia é muito interessante, recorrendo a imprescindíveis jogos de espelhos e cores. Perto do fim, e tendo como marcador temporal o halloween, chega-nos a mais bela cena de The Guest, que conjuga todos estes aspectos técnicos de forma inesquecível, aliados ao twist - que não sendo inesperado é competente -, levando o espectador a entrar numa espécie de hipnose. O paradoxo entre música e acção está verdadeiramente bem concretizado.

Com The Guest (e pondo de parte o humor), Adam Wingard faz-nos lembrar Nicolas Winding Refn no trabalho de luz, cor, no modo de filmar as cenas de acção, na violência ou mesmo na ideia de anti-herói.


Nas interpretações, Dan Stevens tem um desempenho frio, sensual e mortífero, com as doses certas de sarcasmo, tal como David pede. Por seu lado, Maika Monroe - talvez a nova estrela do terror, já que protagonizou também It Follows neste MOTELx - surge competente, entre a ingenuidade típica da idade e a coragem que se vê obrigada a descobrir.

The Guest é um thriller sangrento que todos deveriam descobrir. Fiquemos a aguardar que chegue depressa às salas de cinema.

Sem comentários: