Hoje vi(vi) um filme: Queer Lisboa apresenta livro "Cinema e Cultura Queer"

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Queer Lisboa apresenta livro "Cinema e Cultura Queer"

No seu 18º aniversário, o Queer Lisboa lança uma publicação comemorativa: Cinema e Cultura Queer. O lançamento do livro está marcado para dia 13 de Setembro, no Jardim das Esculturas do Museu Nacional de Arte Contemporânea – Museu do Chiado, em Lisboa, e 3 de Outubro, na Galeria Wrong Weather, no Porto.


A publicação, organizada por António Fernando Cascais e João Ferreira, reúne uma diversos ensaios escritos por colaboradores do festival, bem como de autores convidados. Único no seu género em Portugal, Cinema e Cultura Queer lança um olhar crítico ao Cinema Queer mundial, a partir dos filmes programados no festival nestes últimos 18 anos, estabelecendo um paralelismo com uma história do Cinema Queer em Portugal, do qual apresenta uma análise dos seus principais filmes e realizadores. 

O livro apresenta-se numa edição bilingue, portuguesa e inglesa, e segundo os seus organizadores, “esta publicação vem colmatar um vazio na bibliografia nacional sobre o tema, não havendo nenhuma outra publicação com idêntico propósito e amplitude, e constituirá uma referência para estudos futuros, não apenas no âmbito do Cinema Queer, mas também no estudo global do Cinema Português.”

Cinema e Cultura Queer conta com a contribuição dos colaboradores do festival Ana David, António Fernando Cascais, João Ferreira, João Romãozinho, Nuno Galopim, Pedro Marum e Ricke Merighi, e dos autores convidados Brian Robinson, Filipe Afonso, João Laia, João Lopes e Óscar Alves.

O Cinema Queer nacional é analisado em artigos como Cinema queer e queerização do cinema em Portugal, de António Fernando Cascais, ou Políticas do Desejo no Cinema Português, de João Ferreira. Acerca do Cinema Queer internacional encontram-se textos como Os sexos invisíveis, de João Lopes, ou A Génese de um Festival de Cinema Queer, de João Ferreira. Encontram-se ainda case studies sobre a obra de realizadores, como em Derek Jarman, de Brian Robinson, Bruce LaBruce e a intifada gay, de João Ferreira ou Metamorfoses de O Fantasma de João Pedro Rodrigues, de António Fernando Cascais. Um dos capítulos é dedicado à recuperação da memória do Cinema Gay Português dos anos 70, nas figuras de Óscar Alves e João Paulo Ferreira. Outros dois são dedicados à filmografia que constituiu a programação do Queer Lisboa. Fazendo a ponte com a presente edição do festival, Cinema e Cultura Queer fecha com um capítulo dedicado ao cinema de John Waters.

O livro estará à venda nas livrarias ao preço de 15€.

Para mais informações sobre o Queer Lisboa 18 podes consultar aqui.

Sem comentários: