Hoje vi(vi) um filme: Já Vi(vi) este Filme, por André Marques

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Já Vi(vi) este Filme, por André Marques

Já Vi(vi) este Filme
por André Marques do BLOCKBUSTERS


Toda a experiência humana encontra-se limitada pela metade.

Desde o momento em que a primeira célula que irá gerar um novo ser humano já possui a informação no seu ADN se será, por exemplo, um homem ou mulher, verificamos que todo o percurso temporal da vida de cada um de nós começa logo nos 50%, e a nossa experiência global, seja a nível fisiológico, hormonal, social, intelectual, psicológico, etc, vai-se reduzindo sempre que tomamos uma decisão, opção ou escolha, seja no acto mais banal como no mais comprometedor.

E o que é que isto tem a ver com o filme A Última Hora, perguntam vocês. Bom, aparentemente nada, contudo esta obra aborda de uma forma muito única e peculiar as escolhas que vão definir o nosso futuro, ou levar a consequências por vezes opostas e contraditórias, que levam a um caminho mais penoso ou mais feliz, sendo que após qualquer tipo de decisão tomada, nós apenas conhecemos efectivamente esse caminho, ou seja, somente uma face da moeda, e tudo o resto são meras possibilidades.

Penso que por este motivo qualquer um de nós consegue rever-se em parte neste filme, principalmente na parte final da narrativa, nem que seja pelo facto de reflectir sobre a sua própria vida e as escolhas que o/a levaram ao ponto em que se encontra.


Pessoalmente este filme de Spike Lee marcou bastante a minha juventude, e revejo-me aqui numa decisão que tomei no passado, tendo a consciência que iria definir o meu futuro de uma forma marcante (não sendo um caso de prisão ou não, como na narrativa do filme), sendo que até hoje não consegui saber quem seria eu neste momento da minha vida, caso tivesse optado pela outra opção, algo que nunca irei saber, apenas conseguirei especular e pensar sobre o assunto, colocando hipóteses e possibilidades que nunca se irão materializar.

_______

Obrigada pela tua participação, André!