Hoje vi(vi) um filme: Panorama'15 percorre Lisboa de 15 a 19 de Abril

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Panorama'15 percorre Lisboa de 15 a 19 de Abril

O Panorama 2015 – 9.ª Mostra do Documentário Português está quase de regresso a Lisboa. Este ano, o evento acontece de 15 a 19 de Abril e exibe 37 filmes em 16 sessões. A grande novidade desta edição é que os locais de projecção espalham-se pela cidade de Lisboa, numa espécie de percurso.


A sessão de abertura tem lugar no dia 15 de Abril, no Fórum Lisboa, pelas 21h30, com Fragmentos de um Filme-Esmola, de João César Monteiro. Para além de outros títulos deste realizador como Vai e Vem, Veredas ou Quem Espera por Sapatos de Defunto Morre Descalço, encontramos no programa títulos como Pára-me de Repente o Pensamento, de Jorge Pelicano, A Mãe e o Mar, de Gonçalo Tocha, A Caça Revoluções, de Margarida Rêgo, O Indispensável Treino da Vagueza, de Filipa Reis e João Miller Guerra, Bétail, de Joana Sousa, Tales of Blindness, de Cláudia Alves, entre outras curtas e longas-metragens.

Nesta 9.ª edição, alguns filmes de João César Monteiro surgem como que chamados pelos filmes contemporâneos do Panorama. Para as programadoras Amarante Abramovici e Inês Sapeta Dias, estes são filmes “onde estão, inesperadamente, presentes os elementos fundamentais da programação contemporânea deste panorama: a insistência no filmar o íntimo, a família, o espaço da casa ou os percursos de todos os dias; mas também o impulso para filmar as ruínas da cidade, da paisagem ou dos próprios filmes. Mas sobretudo nestes filmes de João César Monteiro encontra-se com particular astúcia, a reflexão sobre o contexto e o processo em que cada filme teve de existir e de ser feito para ser visto - uma reflexão sobre a própria condição que achámos muito forte também nos filmes que vimos dos dois últimos anos.”

Neste que é um ano de viragem no percurso do Panorama, o programa não tem secções nem lugar fixo, e haverá uma fusão e diálogo entre passado e presente que permitirá pensar e discutir a condição actual do cinema em Portugal e do país onde ele é feito. Os filmes estarão em diálogo com os espaços onde serão projectados – mesmo que menos associados ao cinema, como o Reservatório da Mãe d'Água, o Auditório do Hospital Júlio de Matos ou do Museu de História Natural e da Ciência.

O Panorama – Mostra do Documentário Português decorre em 11 espaços diferentes: Fórum Lisboa, Cinemateca Portuguesa, Hospital Júlio de Matos, Paróquia de Santa Joana, Princesa, Culturgest, Centro Cultural Malaposta (Odivelas), Cinema Ideal, Cinemateca Júnior, Museu Geológico, Museu Nacional de História Natural e da Ciência e Reservatório da Mãe d'Água

Toda a programação, horários e mais informações estão disponíveis em www.panorama.org.pt.

Sem comentários: