Hoje vi(vi) um filme: Curtas-metragens: Um Rapaz Chamado Jaime, de André Marques

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Curtas-metragens: Um Rapaz Chamado Jaime, de André Marques

Nas curtas-metragens portuguesas, hoje há espaço para falar de Um Rapaz Chamado Jaime, escrita e realizada por André Marques. O filme vai marcar presença em Outubro em Díli, Timor-Leste, na Selecção Oficial FICI' 15 (Festival Internacional de Cinema Independente).


Esta curta faz-nos acompanhar um jovem, Jaime, que vive na ilusão de que os maus tratos sofridos pelas mãos do seu pai são banais, até ao momento em que se apercebe que os abusos não irão terminar em breve. Para abandonar aquela infeliz rotina, acaba por fazer o impensável.

Um Rapaz Chamado Jaime traz ao cinema uma temática dura e pouco usual no grande ecrã: abusos sexuais. Este é um dos pontos mais fortes da curta de André Marques e faz-nos criar uma especial curiosidade pelo protagonista que gostávamos de poder conhecer melhor, talvez, através de mais diálogos e menos silêncios.

A montagem é outra das forças deste trabalho, com as violentas memórias - afinal, tão presentes e tão reais - de Jaime, a imiscuírem-se no seu dia-a-dia. São elas que o fazem debater-se consigo próprio e perceber que algo não está bem.

Podes ver aqui o trailer de Um Rapaz Chamado Jaime:


Segue o filme no facebook: www.facebook.com/umrapazchamadojaime

Sem comentários: