Hoje vi(vi) um filme: IndieLisboa'16: A Vossa Terra (2016)

segunda-feira, 25 de abril de 2016

IndieLisboa'16: A Vossa Terra (2016)

*7/10*

A Vossa Terra trouxe às Sessões Especiais do IndieLisboa'16 uma merecida homenagem ao arquitecto Gonçalo Ribeiro Telles. O realizador João Mário Grilo propõe-nos este filme a quatro mãos - de quem filma e de quem projectou -, que nos dá a conhecer a vastíssima obra do arquitecto e as ligações entre o trabalho de um e a vida do outro.


A Vossa Terra é uma homenagem e ao mesmo tempo uma partilha. Ribeiro Telles, responsável, entre outros projectos, pelos jardins da Fundação Calouste Gulbenkian, dedicou uma vida à construção da paisagem. “A que se assemelharia um filme sobre a sua obra?”, pergunta o realizador ao paisagista. “Apenas paisagens, uma depois da outra.” E, a partir desta ideia, Grilo expõe-nos a obra do arquitecto, conduzida por textos do próprio, algumas imagens de arquivo e conversas intimistas na actualidade. 

Um documentário que sabe chegar ao público e exaltar a importância da arquitectura paisagista no nosso país (e no mundo). Percorreremos a Figueira da Foz, Coruche, o Corredor Verde de Monsanto, entre jardins, hortas, campo e cidade, e os ideais de Gonçalo Ribeiro Teles. A harmonia entre o urbano e o rural é alcançada em A Vossa Terra não apenas através dos projectos do arquitecto como nos planos do cineasta - um centro comercial parece nascer de uma horta, por exemplo.

Um filme visual, mas também narrativo, um documentário que coloca o Homem e a Natureza em interacção, num ideal de coerência e ordenamento que é fundamental e João Mário Grilo e Gonçalo Ribeiro Telles mostram-no bem.

Sem comentários: