Hoje vi(vi) um filme: MOTELx'16 chega na próxima semana

sábado, 3 de setembro de 2016

MOTELx'16 chega na próxima semana

A comemorar a sua 10ª edição, o MOTELx - Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa vem aterrorizar a capital em tom de festa de 6 a 11 de Setembro. Ruggero Deodato, realizador de Holocausto Canibal, é o convidado especial deste ano.


A abrir o festival estará Don't Breathe (Nem Respires), de Fede Alvarez, produzido por Sam Raimi. O assalto à casa de um milionário cego pode não correr tão bem como os ladrões pensam. O filme é exibido a 6 de Setembro, às 21h30, no Cinema São Jorge. As honras de encerramento do MOTELx cabem a The Devil’s Candy, de Sean Byrne, no dia 11, às 21h45, no Cinema São Jorge.

Entre as mais de 70 sessões de cinema de terror a que se poderá assistir, destaque para alguns dos títulos do MOTELx'16. A secção Serviço de Quarto traz as estreias de Personal Shopper, de Olivier Assayas (Melhor Realização em Cannes), protagonizado por Kristen Stewart, e My Father Die, primeiro filme realizado por Sean Brosnan, filho de Pierce Brosnan, ou The Purge: Election Year, última sequela do The Purge, agora em torno das próximas eleições presidenciais nos EUA. Nas sessões especiais, Shelagh Rowan-Legg apresenta a versão restaurada de Tras el Cristal, a primeira longa de Agustí Villaronga, em 1986, com Marisa Paredes.


Ainda de destacar estão filmes como Psycho Raman, de Anurag Kashyap e The Transfiguration, de Michael O'Shea, estreados na última edição do Festival de Cannes, o japonês Sadako vs Kayako, de Kōji Shiraishi, ou o documentário De Palma, de Noah Baumbach e Jake Paltrow, sobre o realizador de Carrie.

Nas sessões especiais dedicadas ao polaco Walerian Borowczyk poderemos ver The Beast (1975) e The Strange Case of Dr. Jekyll and Miss Osbourne (1981). A realizadora Noémia Delgado, falecida este ano, será homenageada com a exibição de dois episódios da série Contos Fantásticos, raramente exibidos e desconhecidos dentro da sua filmografia: A Princesinha das Rosas e Tiaga.


Uma das grandes novidades deste ano é a criação de uma competição de longas-metragens europeias. Fernando Ribeiro, vocalista dos Moonspell, Ruggero Deodato e o produtor e realizador Mick Garris fazem parte do júri. Os últimos dois vão sentar-se à conversa com os espectadores sobre os anos 1970 e 1980 das respectivas cinematografias, no dia 11 de Setembro, pelas 19h00, no Cinema São Jorge. São sete as longas-metragens em competição pelo Prémio MOTELX Melhor Longa de Terror Europeia: Baskin (Turquia / EUA, 2015), de Can Evrenol, K-Shop (Reino Unido, 2016), de Dan Pringle, The Noonday Witch (República Checa, 2016), de Jiri Sádek, Psychonauts, the Forgotten Children (Espanha, 2015) de Pedro Rivero e Alberto Vázquez, Shelley (Dinamarca / Suécia, 2016), de Ali Abbasi, Like a Cast Shadow (Alemanha, 2015), de Michael Krummenacher, e Villmark Asylum (Noruega, 2015), de Pål Øie.

Já na competição de curtas-metragens, o júri é composto pelo escritor José Luís Peixoto, pela actriz e apresentadora Filomena Cautela e pela programadora e escritora canadiana Shelagh Rowan-Legg. Os vencedores serão anunciados no último dia do MOTELx'16. Na corrida estão 10 filmes: A Caverna, de Edgar Pêra, Dentes e Garras 2, de Francisco Lacerda, Jigging, de Ramón de los Santos, Na Floresta... Corre!, de Nuno Soler e Ruben de Sousa, Oneiros, de Gustavo Silva, Palhaços, de Pedro Crispim, Por Diabos, de Carlos Amaral, Post-Mortem, de Belmiro Ribeiro, Que é Feito dos Dias na Cave, de Rafael Almeida, e Retorno, de Manuel Brito.

Na secção MOTELX LAB, há espaço para actividades como workshops, masterclasses e conferências destinadas a profissionais e amadores. Entre as novidades deste ano está a Yorn microCURTAS, uma competição curtas de terror, com a duração máxima de dois minutos, filmadas integralmente com telemóvel, smartphone ou tablet.

O Cinema São Jorge, o Teatro Tivoli BBVA e a Cinemateca Júnior voltam a servir de palco ao desfile do cinema de terror. O Warm-Up começou esta Quinta-feira, dia 1 de Setembro, e prolonga-se até este Sábado, dia 3, com cinema ao ar livre, concertos, festas e ainda um passeio com o Lisbon Walker em redor do universo de D. Sebastião, inspirador da imagem do festival nesta edição.

Mais informações sobre a 10.ª edição do MOTELx, aqui.

Sem comentários: