Hoje vi(vi) um filme: Estreias da Semana #266

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Estreias da Semana #266

Oito filmes chegaram às salas de cinema portuguesas na passada Quinta-feira. A Criada e Ghost in the Shell: Agente do Futuro são duas das estreias.

100 metros (2016)
Baseado na história de um espanhol com Esclerose Múltipla que tentou realizar uma prova de resistência Iron-Man consistindo em 3,8 km de natação, 180 km de ciclismo e 42 km de corrida. Antes, fora-lhe dito que não conseguiria sequer andar 100 metros.

A Criada (2016)
Ah-ga-ssi 
Na Coreia na década de 1930, durante o período da ocupação japonesa, Sookee é contratada para servir como criada de Hideko, uma herdeira japonesa que vive isolada numa enorme propriedade rural com o seu dominador tio, Kouzuki. Mas a criada guarda um segredo. Na verdade é uma ladra recrutada por um impostor que se faz passar por conde japonês. A sua missão é ajudá-lo a seduzir a senhora, convencê-la a casar com ele em segredo, roubar-lhe a fortuna e trancá-la num manicómio. O plano parece decorrer sem sobressaltos até ao ponto em que Sookee e Hideko descobrem emoções inesperadas.

Calabria (2016)
Calabria é um road movie funerário. Após a morte de um emigrante calabrês à procura de trabalho na suíça, dois cangalheiros, Jovan e José, viajam do norte para o sul de Itália para repatriar o defunto. Jovan, um cigano que foi cantor em Belgrado, acredita na vida depois da morte, ao passo que José, um português apaixonado pela cultura, só acredita no que vê. As surpresas e contingências que enfrentam na viagem são simultâneamente uma homenagem ao morto e uma celebração da vida.

Ghost in the Shell: Agente do Futuro (2017)
Ghost in the Shell
Num futuro próximo, enquanto a linha entre humanidade e tecnologia é cada vez menos clara, Major (Scarlett Johansson) torna-se na primeira da sua espécie: salva de um terrível acidente é transformada num híbrido de ser vivo e máquina e nomeada para liderar a força de combate ao crime Secção 9 que se dedica a perseguir e eliminar os criminosos mais perigosos do mundo. Quando a ameaça do terrorismo passa a incluir a capacidade de invadir e controlar as mentes e as memórias das pessoas, é Major a mais qualificada para enfrentar a ameaça. Enquanto se prepara para enfrentar o novo inimigo, descobre que lhe mentiram: a sua vida não foi salva, foi roubada. A partir desse momento, nada irá impedir Major de recuperar o seu passado, e descobrir os responsáveis.

Negação (2016)
Denial
O relato cinematográfico da batalha legal entre a historiadora Deborah E. Lipstadts (Rachel Weisz) e David Irving (Timothy Spall), que a processou após ela o ter acusado de negar o Holocausto. Como, segundo a legislação inglesa, o ónus da prova pertence aos acusados, coube a Lipstadt e à sua equipa de advogados, liderada por Richard Rampton (Tom Wilkinson) estabelecer para lá de qualquer dúvida que o Holocausto aconteceu realmente.

O Amigo Americano (1977)
Der Amerikanische Freund
Jonathan Zimmermann, um emoldurador em Hamburgo, é diagnosticado com leucemia. Ripley, um vendedor de arte americano envolvido em falsificações, usa este facto para fazer com que um contacto na máfia recrutar Zimmerman como assassino profissional. Este concorda pensando no futuro financeiro da sua família. Vê-se então num pesadelo de mentira e duplo jogo. A narrativa age como metáfora entre a cultura americana de Hollywood e a cultura alemã do pós-guerra, efeito evidenciado pelo aparecimento de vários realizadores de Hollywood em papéis secundários.

Smurfs: A Aldeia Perdida (2017)
Smurfs: The Lost Village
Um misterioso mapa leva Smurfina e os seus melhores amigos Sabichão, Trapalhão e Valentão, numa aventura pela Floresta Proibida, repleta de criaturas mágicas. O seu objectivo é encontrar uma aldeia perdida antes que o feiticeiro Gargamel o faça. Uma viagem, repleta de acção e perigo, onde os Smurfs irão descobrir o maior segredo da sua história!

Vale de Amor (2015)
La Vallée de l'amour
Dois actores famosos reúnem-se após a morte do filho e recebem uma carta que lhes pede para visitarem cinco locais no Vale da Morte.

Sem comentários: