Hoje vi(vi) um filme: MOTELx'17: O Espírita / El espiritista (1977)

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

MOTELx'17: O Espírita / El espiritista (1977)

*6/10*

Continuamos com a secção Quarto Perdido do MOTELx. O Espírita, de Augusto Fernando, está envolto em tanto mistério como o seu realizador, e a única cópia encontrada para exibir no festival foi no nosso tão velhinho e saudoso VHS. Portanto, entrada livre e uma sala 2 bem composta para ver este filme em espanhol, sem legendas, que poucos terão a oportunidade de visualizar no futuro, muito provavelmente. E é esta a magia do Quarto Perdido.

Alberto Ramos, conhecido como "o melhor fotógrafo de Lisboa", é também um famoso médium, que alia o seu dom profissional a uma vida libertina e com acesso às classes abastadas. Margarida Malveira, uma viúva rica de 50 anos, consulta-o na esperança de contactar o grande amor da sua vida, falecido há três décadas. Depois de uma sessão, o espírito do marido de Margarida possui a mente de Alberto, obrigando-o a cuidar da esposa.


Mais uma produção luso-espanhola, no país vizinho foi vendido como O Exorcista 3, dada a temática de O Espírita. Foi a primeira e única realização de Augusto Fernando (pelo menos com este nome), e segue a vaga de filmes da época que se seguiram ao sucesso de O Exorcista. Ao mesmo tempo, insere muitos elementos de cinema erótico. 

O argumento não sendo original não é muito visto na história do cinema nacional e, tal como Crime de Amor, O Espírita é filmado em Lisboa, sendo mais um registo da cidade nos anos 70. 

Sem comentários: