Hoje vi(vi) um filme: MOTELx'15: Eugenie, Jesús Franco (1969)

terça-feira, 22 de setembro de 2015

MOTELx'15: Eugenie, Jesús Franco (1969)

*5/10*

Dentro da homenagem a Christopher Lee, recentemente falecido, o MOTELx'15 exibiu Eugenie, filme de Jesús Franco, de 1969. Baseado no clássico Filosofia na Alcova do Marquês de Sade, esperava-se um filme forte, violento e repleto de erotismo. O resultado é ligeiramente decepcionante: o erotismo está lá, mas o sadismo deixa um pouco a desejar. No entanto, Eugenie não deixa de ser uma obra a descobrir.

Uma inocente jovem chamada Eugenie é levada para uma ilha paradisíaca onde é iniciada no mundo do prazer e da dor por dois irmãos, que pertencem a um pervertido grupo controlado pelo sinistro Dolmance. Mas quando se rende às fantasias proibidas, Eugenie fica presa num frenesim de drogas, sadomasoquismo e homicídio. Pode uma rapariga assustada e sob o controle da perversão sexual encontrar paz nas orgias dos depravados?

Jesús Franco soube bem como explorar a sexualidade extrema, e conta com diversos títulos ligados ao tema. Eugenie, contudo, acaba por fraquejar, levando tudo com alguma leviandade e com um propósito pouco claro, apesar dos bons momentos que nos fazem duvidar do que é sonho e realidade, tal como duvida a própria protagonista.

Sem comentários: