Hoje vi(vi) um filme: Judaica'16: Ellis (2015)

domingo, 20 de março de 2016

Judaica'16: Ellis (2015)

*8.5/10*

Ellis revelou-se uma curta-metragem simbólica e muito tocante que passou pela Judaica. Uma homenagem a todos os imigrantes que passaram por Ellis Island em busca do sonho americano ou, pelo menos, de uma vida melhor.


Por Ellis Island entraram 12 milhões de imigrantes nos Estados Unidos. Aqueles que as autoridades consideravam doentes ou incapazes de seguir caminho ficavam no hospital daquela ilha, de onde podiam ser deportados para os países de origem se não melhorassem. É nesses corredores, abandonados há mais de 60 anos – e palco da instalação ‘Unframed’ do misterioso realizador JR, com fotografias da época –, que Robert De Niro deambula para nos contar a história de tantos homens, mulheres e crianças.

Pura arte, que filma a arte, assim é Ellis. Se, por um lado, a câmara flutua entre os fantasmas e vestígios de quem por ali passou e sofreu, por outro, naquele espaço degradado é filmada uma instalação artística.

Acompanhamos Robert De Niro, o nosso narrador e guia, pelos corredores, espreitamos pelas janelas partidas, por entre espectros de homens, mulheres e crianças, cujas imagens estão coladas nas paredes, vidros e no chão. Vidas dos que entraram ou dos que foram deportados, mas marcaram o lugar para sempre.

Sem comentários: