segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Sugestão da Semana #299

Das estreias da passada Quinta-feira, a Sugestão da Semana sugere, em especial para os fãs, o filme da Marvel, Liga da Justiça.

LIGA DA JUSTIÇA


Ficha Técnica:
Título Original: Justice League
Realizador: Zack Snyder
Actores: Henry Cavill, Ben Affleck, Gal Gadot, Ezra Miller, Ray Fisher, Jason Momoa, Amy Adams
Género: Acção, Aventura, Fantasia
Classificação: M/12
Duração: 120 minutos

domingo, 19 de novembro de 2017

Crítica: Ele Vem à Noite / It Comes at Night (2017)

"You can't trust anyone but family." 
Paul
*7/10*

Ele Vem à Noite joga com o medo do desconhecido que assombra, mais ou menos evidentemente, cada ser humano. Trey Edward Shults constrói um thriller cheio de tensão e suspense, onde o verdadeiro inimigo vem de fora de casa.

Um casal vive com o filho adolescente num local remoto, numa casa segura e onde estão fortemente armados. Uma ameaça desconhecida aterroriza o mundo e a ténue ordem doméstica que o pai da família estabeleceu com a esposa e o filho é posta em causa com a chegada de uma família desesperada a pedir abrigo. Apesar das boas intenções de ambas as famílias, o pânico e a desconfiança intensificam-se, ao mesmo tempo que os horrores do mundo exterior parecem aproximar-se.


Ele Vem à Noite constrói-se em redor da desconfiança permanente em que vive a família protagonista. Perante um inimigo invisível - será algo sobrenatural, a doença ou os humanos? - o estado de alerta é total e a tranquilidade não faz parte do dicionário. Uma única porta dá acesso ao exterior e quem por ali entra deve ser escrutinado até à exaustão. A mínima mudança na rotina pode arruinar a vida da família, que acredita que o perigo espreita entre as árvores da floresta.

Um dos pontos mais fortes do filme de Trey Edward Shults é a abordagem à psicologia das personagens, que faz o filme aproximar-se do género terror, produzindo, ao mesmo tempo, uma curiosa crítica social ao mundo actual. O homem transforma-se num monstro perante o desconhecido, com o medo a tomar conta de si. A fronteira é ténue entre pesadelos e realidade. Afinal, a desconfiança é uma doença e faz vir ao de cima o que de mais primitivo existe em cada um. Por outro lado, o cão da família é quem demonstra maior coragem, quebrando todos os protocolos criados pelo pai da família.


A par do silêncio incómodo que rodeia esta casa no meio da floresta, o trabalho da direcção de fotografia de Drew Daniels é excelente ao tirar partido da noite e da escuridão, e em muito contribui para aumentar o ambiente de isolamento e receios que enchem os espaços vazios.

No elenco, o grande destaque vai para Joel Edgerton, que tem consolidado o seu talento para as personagens mais diversificadas. Neste caso, é o cauteloso e desconfiado pai de família que tudo faz para manter os seus em segurança.


Ele Vem à Noite pode ser encarado como um retrato psicossocial hiperbolizado (mas não muito) da sociedade ocidentalizada. O medo é o demónio que aterroriza aquela casa e os monstros são cada um dos Homens.

sábado, 18 de novembro de 2017

Estreias da Semana #299

Chegaram esta Quinta-feira aos cinemas portugueses sete novos filmes.

A Vida de Um Génio (2017)
Rebel in the Rye
O mundo do escritor J.D. Salinger é reproduzido neste retrato das experiências que ajudaram a moldar aquele que foi um dos mais respeitados, controversos e enigmáticos autores de sempre. Passado na colorida Nova Iorque de meados do século XX, o filme segue o jovem Salinger (Nicholas Hoult), à medida que este luta para encontrar a sua voz, tenta conquistar a famosa socialite Oona O'Neill (Zoey Deutch) e combate durante a Segunda Guerra Mundial. Foram estas as experiências que iriam influenciar a criação da sua obra-prima The Catcher in the Rye, o livro que lhe trouxe a fama e notoriedade que, depois, o levariam a abandonar a vida pública até ao fim dos seus dias.

Bob o Construtor: Mega Machines (2017)
Bob the Builder: Mega Machines
O Escavão, o Lagartas e o Alturas estão ansiosos por ajudar o Bob na sua maior obra de sempre: construir uma barragem e transformar uma antiga pedreira num reservatório que forneça água potável a Springcity. Bob recruta a ajuda de outro construtor, Conrad e das suas três enormes Mega-Machines - Baque, Tritão e Ás - para desobstruir a pedreira. Conrad, invejoso por Bob ter ficado encarregue da construção da barragem em vez dele, tenta manchar a reputação do rival e sabota a barragem. Bob apercebe-se de que algo correu mal e que lhe cabe, a si e à sua equipa, salvar Springcity.

England Is Mine (2017)
Retrato da vida de Steven Patrick Morrissey na Manchester dos anos 70, antes de se tornar no vocalista da banda The Smiths, na década seguinte.

Liga da Justiça (2017)
Justice League
Os maiores super-heróis da Terra unem-se para combater uma ameaça bem para lá das capacidades individuais de cada um.

Rapto (2017)
Kidnap
Um dia normal no parque transforma-se em tragédia quando Karla (Halle Berry) procura o filho de seis anos e o vê a ser levado por dois estranhos que o põem nas traseiras de um carro e rapidamente desaparecem sem deixar rasto. Sem uma matrícula para procurar, ou um telemóvel com o qual chamar a polícia, tem de ser Karla a tentar salvar o filho. Numa perseguição a alta-velocidade com pouca gasolina no depósito, Karla tem de fazer difíceis escolhas se alguma vez quiser voltar a ver o seu filho.

The Only Living Boy in New York (2017)
Thomas Webb (Callum Turner), filho de um editor e de uma artista, é um jovem recém-licenciado que procura o seu lugar no mundo. Quando se muda do apartamento dos pais no Upper West Side para o Lower East Side, torna-se amigo do seu novo vizinho W.F. (Jeff Bridges), um escritor alcoólico que partilha sabedoria mundana acompanhada de saudáveis shots de whiskey. O mundo de Thomas começa a transformar-se quando descobre que o pai (Pierce Brosnan) está a ter um caso com uma sedutora mulher mais nova (Kate Beckinsale). Determinado a por fim à relação, Thomas envolve-se com a amante do pai, dando início a uma cadeia de acontecimentos que vão mudar tudo o que pensa saber sobre ele próprio e sobre a sua família.

Um Homem de Família (2016)
A Family Man
Um profissional de recursos humanos vê a sua vida abalada quando o filho fica subitamente doente.

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Crítica: Blade Runner 2049 (2017)

"Sometimes to love someone, you got to be a stranger." 
Rick Deckard
*7/10*

Blade Runner 2049, a tão aguardada sequela do filme de 1982, chegou este ano. De Ridley Scott, a sequela sobre os replicantes passou para as mãos de Denis Villeneuve e ele tratou-a com dignidade, talento e ambição qb.

A grande força do novo Blade Runner reside no visual fabuloso, muito fiel ao original, e repleto das marcas de autor a que Villeneuve nos tem habituado nos seus filmes. O argumento, por sua vez, começa no bom caminho, e aumenta as expectativas ao longo da primeira metade da longa-metragem, mas perde-se num sem fim de enredos entrelaçados até aos créditos finais.


30 anos após os eventos do primeiro filme, K (Ryan Gosling), um novo blade runner, oficial da LAPD, desvenda um segredo há muito enterrado que pode potencialmente mergulhar no caos o que resta da sociedade.A descoberta de K leva-o numa missão para localizar Rick Deckard (Harrison Ford), um antigo blade runner da LAPD, desaparecido há 30 anos.

Evitando spoilers a todo o custo, certo é que Denis Villeneuve se mostrou à altura do desafio de realizar este Blade Runner dos tempos modernos. O argumento, sendo o principal ponto fraco do filme, não deixa de ter um ponto de partida forte e um desenrolar da história onde o poder assenta nas memórias - serão elas que fazem de nós o que somos? Ao mesmo tempo, a revolta inerente ou a eterna insatisfação, que está longe de se restringir aos humanos, tomam conta das personagens daquele mundo distópico. Ainda a seu favor, estão pequenos pormenores de ficção científica muito realistas que moldam a história dos 30  anos que passaram entre a narrativa dos dois filmes.


A direcção de fotografia é magistral e não lhe devemos tirar mérito. Sem o fabuloso trabalho de Roger Deakins, Blade Runner 2049 não chegaria nem a metade do que é. É fácil deixarmo-nos perder nas cidades engolidas por ecrãs publicitários e pela névoa omnipresente ou pelos desertos intermináveis neste planeta devastado. Os edifícios futuristas, os veículos, tudo isso está tão fiel ao filme de 1982 que podemos ficar arrepiados.

Nas personagens, Harrison Ford regressa como Deckard sem muito mais a acrescentar, sendo ele próprio o segredo que une os dois filmes. O novo protagonista, o blade runner K, interpretado por Ryan Gosling, mostra-se isento de emoções e faz o que se espera dele. O replicante que parece, aos poucos, ir conquistando vontade própria, autonomia e sentimentos, vê crescer uma esperança - em si e na plateia - que tem muito de humano. Nos vilões, Jared Leto é totalmente ofuscado por Sylvia Hoeks, a vilã assistente, que nos faz esquecer a (mínima) presença do actor.


Não é possível destronar Blade Runner - tão único e vanguardista no seu tempo -, mas Denis Villeneuve, fiel ao visual original, consegue despertar no público grandes sentimentos de nostalgia e melancolia. O resultado, não sendo obrigatório, é positivo e satisfatório, em jeito de homenagem ao filme de Ridley Scott.

Lisbon & Sintra Film Festival: Filmes a não perder

O Lisbon & Sintra Film Festival começa hoje e, até dia 26 de Novembro, há muito cinema para ver entre Lisboa e Sintra. O Hoje Vi(vi) um Filme deixa algumas sugestões.

LAST FLAG FLYING, de RICHARD LINKLATER
Com: BRYAN CRANSTON, LAURENCE FISHBURNE, STEVE CARRELL
2017

A PIANISTA, de MICHAEL HANEKE
Com: ISABELLE HUPPERT, ANNIE GIRARDOT, BENOÎT MAGIMEL
2000

JULIAN SCHNABEL: A PRIVATE PORTRAIT, de PAPPI CORSICATO
Com: JULIAN SCHNABEL, AL PACINO, WILLEM DAFOE, BONO, EMMANUELLE SEIGNER, VITO SCHNABEL
2017

ELE VEM À NOITE, de TREY EDWARD SHULTS
Com: CARMEN EJOGO, CHASE JOLIET, CHRISTOPHER ABBOTT, DAVID PENDLETON, GRIFFIN ROBERT FAULKNER, JOEL EDGERTON, KELVIN HARRISON JR., MICK O'ROURKE, MIKEY, RILEY KEOUGH
2017

LARANJA MECÂNICA, de STANLEY KUBRICK
Com: MALCOLM MCDOWELL, PATRICK MAGEE, MICHAEL BATES
1971

PROMESSAS PERIGOSAS, de DAVID CRONENBERG
Com: VIGGO MORTENSON, NAOMI WATTS, VINCENT CASSEL, ARMIN MUELLER-STAHL, SINEAD CUSACK, JERZY SKOLIMOWSKI
2007

A AVENTURA, de MICHELANGELO ANTONIONI
Com: GABRIELE FERZETTI, MONICA VITTI, LEA MASSAR
1960

JEAN DOUCHET, RESTLESS CHILD, de FABIEN HAGEGE, GUILLAUME NAMUR, VINCENT HAASSER
Com: JEAN DOUCHET, ARNAUD DESPLECHIN, NOÉMIE LVOVSKY, BARBET SCHROEDER, XAVIER BEAUVOIS
2017

HOW TO TALK TO GIRLS AT PARTIES, de JOHN CAMERON MITCHELL
Com: ALEX SHARP, ELLE FANNING, NICOLE KIDMAN, RUTH WILSON, MATT LUCAS, STEPHEN CAMPBELL MOORE
2017

DUAS MULHERES, de JOÃO MÁRIO GRILO
Com: BEATRIZ BATARDA, VIRGÍLIO CASTELO, DÉBORA MONTEIRO, MARCELLO URGEGHE, SOFIA GRILO, JOSÉ PINTO, NICOLAU BREYNER, JOÃO PERRY
2009

O PÃO QUE O DIABO AMASSOU, de JOSÉ VIEIRA
Com: ANTÓNIO MANUEL GALHADA, AGOSTINHO RODRIGUES TORRES, ALZIRA RODRIGUES FIGUEIREDO, LAURINDA DE JESUS PORTELA PEIXE, JOSÉ DA CONCEIÇÃO PEIXE, ABÍLIO PEREIRA, JOSÉ ANTÓNIO DE JESUS, PIEDADE JESUS, FERNANDO FIGUEIREDO MARQUES, JOSÉ FERNANDES, JOSÉ DA CONCEIÇÃO FERNANDES, JOSÉ FIGUEIREDO MARQUES, PIEDADE MARQUES DA SILVA
2012

VERÃO DANADO, de PEDRO CABELEIRA
Com: PEDRO MARUJO, ANA VALENTIM, LIA CARVALHO, DANIEL VIANA
2017

RODA GIGANTE, de WOODY ALLEN
Com: KATE WINSLET, JUNO TEMPLE, JUSTIN TIMBERLAKE
2017

GOOD TIME, de BEN SAFDIE, JOSHUA SAFDIE
Com: ROBERT PATTINSON, BENNY SAFDIE, BUDDY DURESS
2017

A HORA MAIS NEGRA, de JOE WRIGHT
Com: GARY OLDMAN, LILY JAMES, BEN MENDELSOHN, KRISTIN SCOTT THOMAS
2017

Mais informações sobre o festival, filmes e horários aqui http://www.leffest.com e em https://www.facebook.com/leffest/.

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Lisbon & Sintra Film Festival'17: Programação

O Lisbon & Sintra Film Festival começa no dia 17 e prolonga-se até 26 de Novembro em Lisboa e Sintra. Serão exibidos mais de 180 filmes e entre os convidados desta edição estão nomes como Isabelle Huppert, David Cronenberg, Robert Pattinson, Abel Ferrara e Willem Dafoe, entre muitos outros, fora os que ainda poderão aparecer.


Na Selecção Oficial - Em Competição, encontram-se 13 longas-metragens: Cocote, de Nelson​ ​Carlo​ ​de​ ​Los​ ​Santos, Geu-Hu ​(The Day After), de​ ​Hong​ ​Sangsoo, How to Talk to Girls at Parties, de ​John​ ​Cameron​ ​Mitchell, La Libertad del Diablo, de Everardo​ ​González, Lerd​ ​(A Man of Integrity)​, de Mohammad​ ​Rasoulof, Les Gardiennes, de Xavier​ ​Beauvois, Lucky, de​​ ​John​ ​Carroll​ ​Lynch, Šerkšnas (Frost), de Sharunas​ ​Bartas, Tesnota (Closeness), de ​Kantemir​ ​Balagov, Verão Danado, de Pedro Cabeleira, e Western, de ​Valeska​ ​Grisebach.

Também na Selecção Oficial mas Fora de Competição estão filmes muito esperados como A Hora mais Negra, de​​ ​Joe​ ​Wright, First Reformed, de Paul​ ​Schrader, I Love You, Daddy, do agora tão polémico ​Louis​ ​C.K., It Comes at Night, de Trey​ ​Edward​ ​Shults, Last Flag Flying, de Richard​ ​Linklater, Mektoub, My Love: Canto Uno, de Abdellatif​ ​Kechiche, ou Roda Gigante, de Woody Allen.


Para além das primeiras novidades anunciadas em Junho passado, sabemos agora que os artistas alvo de homenagens e retrospectivas são Isabelle Huppert, Abel Ferrara, Alain Tanner, Julian Schnabel, João Mário Grilo, José Vieira e Peter Brook.

O realizador pioneiro de uma filmografia dedicada à emigração - em especial aos portugueses que partiram para França nos anos 60 -, José Vieira, terá direito a uma Retrospectiva da sua obra no festival, onde marcará presença. Souvenirs d'un Futur RadieuxOs EmigrantesO Pão que o Diabo AmassouLe Bateau en Carton e A Ilha dos Ausentes são alguns dos títulos exibidos no LEFFEST

Nas sessões especiais, destaque para o Foco Mathieu Amalric, com​ ​a​ ​presença​ ​do​ ​realizador, e para The Exorcist Revisited que conta com a exibição do clássico do terror de William Friedkin, de 1973, O Exorcista, e com o documentário The Devil and the Father Amorth, onde o realizador conhece o Padre Gabriele Amorth, conhecido como "o exorcista do Vaticano", filmando o seu nono exorcismo.

O actor Robert Pattinson marcará presença no LEFFEST'17, no dia 23 de Novembro, para uma conversa com o público e com o escritor Don DeLillo, após a exibição do filme Cosmopolis, no Centro Cultural Olga Cadaval. A 25 de Novembro, o actor vem ao Monumental para uma sessão Q&A após a projecção de Good Time, dos irmãos Safdie.

No Teatro, o público do LEFFEST terá a oportunidade de assistir a Battlefield​,​ de​ ​Peter​ ​Brook​ ​e​ ​Marie-Hélène​ ​Estienne, Ensaio para uma Cartografia, de Mónica​ ​Calle, e Colecção de Amantes, de Raquel André.


Para conhecer o programa completo do Lisbon & Sintra Film Festival e horários é só consultar o site http://www.leffest.com ou o facebook do festival https://www.facebook.com/leffest/.

Sugestão da Semana #298

Das estreias da passada Quinta-feira, a Sugestão da Semana destaca Rosas de Ermera, de Luís Filipe Rocha, o documentário que nos dá a conhecer a história da família de Zeca Afonso.

ROSAS DE ERMERA


Ficha Técnica:
Título Original: Rosas de Ermera
Realizador: Luís Filipe Rocha
Género: Documentário
Classificação: M/12
Duração: 125 minutos

sábado, 11 de novembro de 2017

Estreias da Semana #298

Sete filmes chegaram aos cinemas na Quinta-feira. 

Mães À Solta 2 (2017)
Bad Mom's Christmas
Esta sequela da comédia Bad Moms traz de volta as três mães subvalorizadas e sobrecarregadas de trabalho que, desta vez, recebem a visita das respectivas progenitoras na quadra do Natal.

Marcas de Guerra (2017)
Thank You for Your Service
O filme segue um grupo de soldados americanos que regressam do Iraque e lutam para se reintegrarem na vida familiar e civil, vivendo ao mesmo tempo com as memórias de uma guerra que ameaça destruí-los muito depois de terem deixado o campo de batalha.

Rodin (2017)
Em 1880, Auguste Rodin recebe, aos 40 anos, a primeira encomenda do Estado: a La Porte de L'Enfer. Partilha a vida com Rose, quando conhece a jovem Camille Claudel, a aluna mais talentosa que rapidamente se torna, primeiro sua assistente e depois sua amante.

Rosas de Ermera (2017)
Luís Filipe Rocha parte das memórias de Maria e João Afonso, ancoradas em cartas e fotografias, para contar um episódio de separação da família Afonso dos Santos, em 1939, em Moçambique. Os pais e a filha mais nova partem para Timor-Leste, por razões profissionais, e os dois irmãos, João e José (Zeca Afonso) viajam para Coimbra, para continuarem os estudos.

Shot Caller - Sobreviver a Todo o Custo (2017)
Shot Caller
Jacob Harlon (Nikolaj Coster-Waldau), um corrector bem-sucedido, casado com Kate (Lake Bell), tem uma vida perfeita que desaparece na noite em que, alcoolizado, tem um acidente de automóvel onde morre o seu melhor amigo, Tom (Max Greenfield). Condenado por homicídio involuntário, Jacob é detido numa prisão de alta segurança, cercado por homicidas. Como um peixe fora da água, Jacob é forçado a fazer o inimaginável para sobreviver na hierarquia da prisão, onde um passo em falso pode ser o seu último. Assume a alcunha de Money e sobe dentro do gang da Irmandade Ariana, a custo dos seus princípios morais. Após a libertação, Money enfrenta as ruas traiçoeiras de Los Angeles como um homem mudado, mas acaba num jogo mortal com o agente Kutcher (Omari Hardwick) e o xerife Sanchez (Benjamin Bratt), quando é obrigado pelo seu gang a entrar num negocio de armas ilegais, sob ameaça de ver toda a sua família assassinada.

Um Crime no Expresso do Oriente (2017)
Murder on the Orient Express
O famoso detective belga Hercule Poirot investiga o assassinato de um milionário americano a bordo do Expresso do Oriente.

Vive (2017)
Breathe
O primeiro filme realizado por Andy Serkis conta a história de amor entre Robin e Diana Cavendish que recusam desistir perante uma devastadora doença.