segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Doclisboa'18: Fahrenheit 11/9 (2018)

*7/10*


Michael Moore não perdoa e volta à carga com Fahrenheit 11/9, com mais denúncias e muita propaganda. Quem já conhece o realizador, sabe o que esperar. Este lado activista sarcástico é uma das maiores qualidades que podemos reconhecer-lhe.

Percorremos a eleição de Trump, no dia 9 de Novembro de 2016, o boicote dos democratas a Bernie Sanders, as lágrimas dos apoiantes de Hillary Clinton, a crise da água em Flint, Michigan, a desilusão Obama, a Guerra, as armas, a separação de pais e filhos mexicanos, o descontrolo total do país que se diz o melhor do mundo.

Recorrendo a imagens de arquivo de diversos momentos da História norte-americana recente, Moore não se coíbe de expor o pior lado dos EUA, a corrupção, e vai ao terreno, conhecer os problemas, falar com os que não baixam os braços, provocar e confrontar quem não tem humanidade. Ele quer justiça. A sua crítica mordaz e ironia constante estão, como sempre, presentes, ao mesmo tempo que o realizador nos apresenta a personagens com ideais e vontade de lutar.


Michael Moore tem ritmo e sabe cativar - ou chocar - a audiência, mesmo que, por vezes, divague um pouco demais. Certo é que o realizador nunca perde a coragem ou vontade de denunciar, e far-nos-á questionar profundamente muitos problemas do mundo actual.

O Doclisboa'18 apresentou o documentário em antestreia, mas em Novembro Fahrenheit 11/9 chegará às salas de cinema nacionais.

Estreias da Semana #347

Na passada Quinta-feira, chegaram aos cinemas portugueses oito novos filmes. O Primeiro Homem na Lua, Pedro e Inês e Verão 1993 são três das estreias.

A Mulher (2018)
The Wife
Uma mulher questiona as suas escolhas de vida enquanto viaja com o marido para Estocolmo onde ele irá  receber o Prémio Nobel de Literatura.

As Tribos de Palos Verdes (2017)
The Tribes of Palos Verdes
Quando a adolescente Medina (Maika Monroe) se muda com a família para o paraíso de Palos Verdes, na Califórnia, tudo parece indicar que um novo capítulo se abriu nas suas vidas. Mas os velhos problemas depressa os alcançam, quando o casamento dos pais de Medina se desintegra, a mãe (Jennifer Garner) entra numa crise emocional e o seu irmão gémeo (Cody Fern) se vira para as drogas. Presa no meio de tudo, Medina encontra refúgio numa nova paixão: o surf.

Beatriz e Romeu (2018)
The Stolen Princess
Esta história tem lugar na época dos cavaleiros valentes, belas princesas e feiticeiros malvados. Romeu, um actor saltimbanco que sonha ser cavaleiro, conhece a bela Beatriz e apaixona-se, jamais suspeitando da sua verdadeira identidade: Beatriz é a filha do Rei. No entanto, a felicidade do par não estava destinada a durar muito tempo: Chоrnomor, o malvado feiticeiro, regressa num passe mágico e rapta Bia, mesmo à frente dos olhos de Romeu, transformando o poder do amor no seu próprio poder maléfico. Sem hesitar, Romeu parte em busca de Bia, ultrapassando os maiores obstáculos e provando que o verdadeiro amor é mais forte que a magia.

Não Deixeis Cair em Tentação (2018)
La Prière
Tomas é toxicodependente. Depois de sofrer uma overdose que quase o mata, decide integrar uma comunidade de jovens rapazes viciados que vivem em isolamento nas montanhas e usam a oração como forma de cura. Apesar do apoio que tem lá dentro, Tomas irá revoltar-se e pôr em risco todas as hipóteses de se salvar. Até conhecer Agnès

O Primeiro Homem na Lua (2018)
First Man
Filme biográfico sobre a vida do astronauta Neil Armstrong e dos oito anos que conduziram à missão espacial Apollo 11 e aos primeiros passos na Lua, a 20 de Julho de 1969.

Pedro e Inês (2018)
Internado num hospital psiquiátrico por viajar de carro estrada afora com o cadáver da sua namorada Inês, Pedro recorda três vidas diferentes, simultaneamente e de forma indistinta. Deitado na cama de hospital, ou sentado no banco de jardim onde espera que a dor passe, Pedro recorda a vida com a sua amada Inês que é brutalmente assassinada ao longo dos tempos, apartando-o do seu amor incomensurável, que o deixa à beira da loucura e transforma um homem reservado e pacato, noutro sedento de vingança e justiça.

Sete Estranhos no El Royale (2018)
Bad Times at the El Royale
Sete estranhos, cada um com um segredo por enterrar, encontram-se no El Royale, em Lake Tahoe, um hotel decadente com um passado sombrio. Durante uma noite fatídica, todos terão uma última oportunidade de se redimir... antes que tudo corra mal.

Verão 1993 (2017)
Estiu 1993
Espanha, Verão de 1993. Após a morte dos seus pais, Frida, de seis anos, enfrenta o primeiro Verão com a família adoptiva, na Catalunha. Antes do fim da estação, a menina tem de aprender a lidar com as  emoções e os pais adoptivos têm de aprender a amá-la como se fosse filha deles.

sábado, 20 de outubro de 2018

Crítica: Terra Franca / Ashore (2018)

*8/10*


Leonor Teles é talentosa e prova-o a cada novo filme. A sua primeira longa-metragem enquanto realizadora é mais uma lufada de ar fresco no cinema nacional com uma docuficção (não consigo classificá-lo apenas como documentário) enigmática, naturalista e terna. Terra Franca é um regresso à terra onde cresceu e às pessoas que lá conheceu, centrando-se num protagonista tão forte como misterioso.

À beira do Tejo, numa antiga comunidade piscatória, um homem vive entre a tranquilidade solitária do rio e as relações que o ligam à terra. Terra Franca retrata a vida deste pescador, Albertino Lobo, atravessando as quatro estações que renovam os ciclos da natureza e acompanham as contingências da vida, tudo passado em Vila Franca de Xira.

Observa sem comentar, não levanta ondas, não partilha as suas mágoas, sorri para as mulheres da sua vida e diverte-se, de sorriso embevecido, com a picardia entre mãe e filhas. No íntimo, Albertino sofre, receia. Ele é um homem do rio e é lá que se sente bem e solto, no seu trabalho. O rio é a sua liberdade e libertação. Sem ele, a depressão paira e a esperança esfuma-se, mas Albertino não desiste.


O documentário de Leonor faz-nos chegar perto das suas personagens sem sermos intrusivos mas, ao mesmo tempo, ligamo-nos à família como se fizéssemos parte dela, provavelmente como Leonor. Atrás da câmara, ela não interfere na vida daquelas pessoas mas também não lhes é estranha. Leonor conta-nos aquela história real, e entra na intimidade dos Lobo, e na introspecção de Albertino (o lobo do rio). Quase somos capazes de ler-lhe o pensamento.

Leonor Teles promete conquistar mais públicos e mais salas de cinema com a sua arte que, até agora, tem sido tão encantadora como desafiante.

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Passatempo: Ganha bilhetes duplos para a Festa do Cinema Francês (Porto) #5

Festa do Cinema Francês chega ao Porto no dia 23 de Outubro e temos bilhetes duplos para oferecer para algumas sessões do ciclo ACID. Para te habilitares a ganhar, só tens de preencher o formulário abaixo.

Temos 5 bilhetes duplos para o filme L’AMOUR DEBOUT, de MICHAËL DACHEUX, na Quinta-feira 25 de Outubro, às 17h30, no Teatro Rivoli - Porto.

Ao filme segue-se uma masterclass com o realizador.


Sinopse:
Martin, numa última esperança, vem ao encontro de Léa em Paris. Os dois têm 25 anos e viveram juntos a sua primeira história de amor. De agora em diante, todos trabalham duro para construir uma vida de adultos.

Temas da masterclasse:
A génese do filme: da escrita à reescrita do roteiro
O lugar do lirismo: a relação com a palavra e a música, jogo de acção
Tensão entre realismo e artifício



Os vencedores serão sorteados aleatoriamente e posteriormente contactados por email.

Boa sorte!

42º Cinanima de 12 a 18 de Novembro em Espinho

A 42ª edição do Cinanima — Festival Internacional de Cinema de Animação de Espinho realiza-se de 12 a 18 de Novembro e irá homenagear o sérvio Nikola Madjak.

O filme vencedor do festival fica automaticamente apurado para a shortlist dos Oscars de curtas-metragens de animação. O Cinanima vai exibir 375 filmes, oriundos de 43 países. Nesta edição haverá um foco especial na Guerra Civil em Angola e no cinema de animação no feminino.


No dia 12 de Novembro, às 19h00, na Sala António Gaio do Centro Multimeios de Espinho, o Cinanima homenageia Nikola Madjak (1927 – 2013), o pai do cinema de animação, na Sérvia. Nesta sessão vão ser exibidos Time of Vampires (1971) e Encyclopedia of a Hangman (1974). 

A abertura oficial do festival acontece no mesmo dia e sala, pelas 22h00, com a exibição de Another Day of Life (2018), realizado por Raul de la Fuente e Damian Nenow. O filme, que foi exibido em Cannes numa sessão especial, evoca o trabalho do escritor e jornalista polaco Ryszard Kapuscinski sobre três meses de Guerra Civil em Angola, em 1975.

A realizadora Regina Pessoa é responsável pela curadoria do único programa temático desta edição Animação no Feminino, que tem como objectivo mostrar filmes realizados por mulheres e sobre histórias contadas no feminino.

O Cinanima conta com seis filmes portugueses na Competição Internacional de Curtas-metragens, que apura o vencedor directamente para a lista dos Oscars de Curtas-metragens de Animação. No dia 13 de Novembro, às 22h00, será exibido 28 Outubro, de Tiago Albuquerque. No dia 14, à mesma hora, é apresentado o filme Razão Entre Dois Volumes, de Catarina SobralRide, de Paul Bush, e Agouro, de David Doutel e Vasco Sá, são exibidos nos dias 15 e 16 de Novembro, respectivamente. No dia 16, às 15h30, é exibido 4 Estados da Matéria, de Miguel Pires de Matos, e, às 22h00, Entre Sombras, de Mónica Santos e Alice Guimarães.

Todos os anos, o Cinanima dedica retrospectivas a vários países, organizadas em parceria com festivais que se dedicam à promoção do cinema de animação contemporâneo nesses locais. Na 42ª edição, estas sessões ficam reservadas à Ucrânia, Sérvia, Eslováquia, Polónia, Lituânia e Finlândia, com curadoria dos festivais LINOLEUM – Festival of Contemporary Animation and Media Art, BALKANIMA – European Animated Film Festival, FEST ANCA – International Animation Festival, O!PLA Festival of Polish Animation, Tindirindis International Animated Film Festival e Turku Animated Film Festival.

O festival oferece ainda sete masterclasses gratuitas, oito workshops, várias exposições e sessões Q&A. O Cinanima estará um pouco por toda a cidade de Espinho, principalmente no Centro Multimeios, marcando ainda forte presença no Auditório Casino de Espinho, no Auditório do Face – Fórum de Arte e Cultura de Espinho e na Biblioteca Municipal José Marmelo e Silva. Algumas masterclasses programadas vão decorrer na Reitoria da Universidade do Porto, na ESAD (Matosinhos) e na Escola das Artes da Universidade Católica do Porto.

O programa completo e outras informações podem consultar-se em www.cinanima.pt.

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Passatempo: Ganha bilhetes duplos para a Festa do Cinema Francês (Porto) #4

A Festa do Cinema Francês chega ao Porto no dia 23 de Outubro e temos bilhetes duplos para oferecer para algumas sessões do ciclo ACID. Para te habilitares a ganhar, só tens de preencher o formulário abaixo.

Temos 5 bilhetes duplos para o filme DANS LA TERRIBLE JUNGLE de OMBLINE LEY e CAROLINE CAPELLE, na Quarta-feira, dia 24 de Outubro, pelas 17h30, no Teatro Rivoli - Porto.
A projecção será seguida de masterclass com a presença das realizadoras.



Sinopse:
No Instituto Médico-Educacional de La Pépinière, uma dezena de adolescentes, rebeldes, francos e espontâneos, presta-se ao jogo da encenação e do cinema. Um campo de experimentos musicais, poéticos, amorosos e filosóficos: o centro assume um carácter de saída.

Temas da masterclasse:
O processo de construção do filme
Rodar num espaço confinado: que desafios, que restrições?
Trabalhar com actores não profissionais, adolescentes com deficiência
Do documentário à ficção: como brincar com os códigos dos géneros. 



Os vencedores serão sorteados aleatoriamente e posteriormente contactados por email.

Boa sorte!

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Doclisboa'18: 20 Filmes a Não Perder

O Doclisboa começa esta Quinta-feira, dia 18 de Outubro e até dia 28 há muito cinema para ver em Lisboa. O Hoje Vi(vi) um Filme deixa algumas sugestões de filmes que não deves perder.

The Waldheim Waltz (Waldheims Walzer), de Ruth Beckermann
Sessão de Abertura

Brisseau – 251, Marcadet’s Street (Brisseau – 251 rue Marcadet), de Laurent Achard
Competição Internacional

Extinção (Extinction), de Salomé Lamas
Competição Portuguesa

Terra Franca (Ashore), de Leonor Teles
Competição Portuguesa

Turno do Dia (Day Shift), de Pedro Florêncio
Competição Portuguesa

Aftermath, de Mike Hoolboom
Riscos

Acts of Cinema (Actos de Cinema), de Jorge Cramez
Riscos

Eldorado, de Markus Imhoof
Da Terra à Lua

Fahrenheit 11/9, de Michael Moore
Da Terra à Lua

Graves Without a Name (Les Tombeaux sans noms), de Rithy Panh
Da Terra à Lua

Monrovia, Indiana, de Frederick Wiseman
Da Terra à Lua

Yours in Sisterhood, de Irene Lusztig
Da Terra à Lua

Depeche Mode: 101, de David Dawkins, Chris Hegedus, D.A. Pennebaker
Heart Beat

Bad Reputation, de Kevin Kerslake
Heart Beat

Deux, trois fois Branco, à la rencontre d’un producteur de légendes, de Boris Nicot
Heart Beat

Friedkin Uncut, de Francesco Zippel
Heart Beat

Shut Up and Play the Piano, de Philipp Jedicke
Sessão de Abertura - Heart Beat

The People vs. Paul Crump, de William Friedkin
Heart Beat

Vadio – I Am Not A Poet (Vadio), de Stefan Lechner
Heart Beat

Westwood: Punk, Icon, Activist, de Lorna Tucker
Heart Beat

Toda a programação e outras informações em https://www.doclisboa.org/2018/.

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Festa do Cinema com antestreias em nove distritos

A Festa do Cinema vai levar antestreias ao Funchal, Vila Nova de Gaia, Guimarães, Leiria, Setúbal, Albufeira, Arganil, Mirandela e Castelo Branco, uma semana antes de começar oficialmente.

As nove as antestreias acontecem na Quarta-feira, dia 17 de Outubro, às 21h30 (e às 19h00 no Funchal), com vários convidados especiais. Mirandela, pertencente ao distrito de Bragança, é o único distrito do país sem sessões regulares de cinema, que neste dia terá a possibilidade de assistir a Verão 1993 (Estiu 1993), de Carla Simón no Auditório Municipal.


Fica a lista das salas que vão receber as antestreias, e os respectivos filmes:

Funchal – Cineplace Madeira ShoppingBeatriz e Romeu (Stolen Princess) de Oleh Malamuzh, distribuído pela Cinemundo
Vila Nova de Gaia – UCI Cinemas Arrábida 20Sete Estranhos no El Royale (Bad Times At The El Royal), de Drew Goddard, distribuído pela Big Picture
Guimarães – Guimarães ShoppingA Revolução Silenciosa (Das schweigende Klassenzimmer), de Lars Kraume, distribuído pela Films4You
Leiria – Cinema City LeiriaA Mulher (The Wife), de Björn Runge, distribuído pela Cinemundo
Setúbal – Cinema City Alegro SetúbalGolpe Final (Final Score), de Scott Mann, distribuído pela Cinemundo
Albufeira – Cineplace AlgarveShoppingRei dos Ladrões (King of Thieves), de James Marsh, distribuído pela Pris Audiovisuais
Arganil – Auditório da Cerâmica Arganilense A Mulher (The Wife), de Björn Runge, distribuído pela Cinemundo
Mirandela – Auditório MunicipalVerão 1993 (Estiu 1993), de Carla Simón, distribuído pela Alambique
Castelo Branco – Cinebox Cinemas Alegro Não Deixes Cair Em Tentação (La Prière), de Cédric Kahn, distribuído pela Outsider Filmes

Nos dias 22, 23 e 24 de Outubro, a Festa do Cinema chega às salas de todo o país, proporcionando 10 mil sessões de cinema com bilhetes a 2,5€. Todas as novidades podem ser acompanhadas em http://www.festadocinema.pt/.