Hoje vi(vi) um filme: Doclisboa'14: Quatro (2014)

sábado, 25 de outubro de 2014

Doclisboa'14: Quatro (2014)

*6/10*

Fora de Competição no Doclisboa'14, está Quatro, de João Botelho, que se debruça sobre quatro artistas portugueses: João e Jorge Queiroz e Pedro e Francisco Tropa. O filme (que passou esta Sexta-feira, dia 24, pelas quatro da tarde, fazendo jus ao título) divide-se como o nome indica em quatro partes, cada uma referente a um dos artistas. Aqui olhamos para a pintura, desenho, fotografia e escultura, vemos os artistas a trabalhar, sempre sob o ponto de vista de João Botelho.


As marcas do realizador estão bem vincadas (abundam os travellings, a música clássica acompanha a criação artística dos protagonistas), encontramos planos muito bem conseguidos - como a certa altura, quando parece que o pintor se funde com o quadro que pinta -, contudo o ponto fraco de Quatro prende-se com a temática que não chegará a um público mais leigo - pelo menos desta forma. O filme dirá muito mais a artistas tais como os que apresenta, mas Botelho não deixa de merecer todos os elogios por trazer ao cinema um trabalho sobre quatro artistas nacionais.

Sem comentários: