Hoje vi(vi) um filme: Doclisboa'16 anuncia filmes de abertura e encerramento

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Doclisboa'16 anuncia filmes de abertura e encerramento

Oleg y las Raras Artes, de Andrés Duque, será o filme de abertura do Doclisboa'16. A fechar estará Nos Interstícios da Realidade ou o Cinema de António de Macedo, de João Monteiro. O festival acontece de 20 a 30 de Outubro, em Lisboa.


A sessão de abertura do 14.º Doclisboa - Festival Internacional de Cinema, acontece no dia 20 de Outubro, às 21h30, no Grande Auditório da Culturgest. Em Oleg y las Raras Artes, premiado em festivais como o DokuFest, o Cinéma du Réel ou o Punto de Vista, o realizador Andrés Duque apresenta o retrato do compositor russo Oleg Karavaichuk, o único pianista que tocava ainda no piano do Czar Nicolau II. O filme move-se entre o biográfico e o performativo, numa viagem pelo universo pessoal e criativo do artista, transformando-se num divertido encontro com a música, a escuta e a criação.

Já a sessão de encerramento, no dia 29 de Outubro, no Grande Auditório da Culturgest, convida a assistir à estreia de Nos Interstícios da Realidade ou o Cinema de António de Macedo, primeira obra de João Monteiro. Grande nome do "Novo Cinema" português, movimento que ajudou a fundar com o filme Domingo à TardeAntónio de Macedo experimentou géneros tão distintos como o western spaghetti e a ficção científica. Apesar de tudo, o seu trabalho era considerado controverso e o cineasta deixou de filmar nos anos 90, depois de sucessivas recusas de subsídios estatais. Este documentário de João Monteiro, director do festival MOTELx, reúne sete anos de pesquisa, recorrendo a imagens de arquivo e a entrevistas inéditas, como as de Fonseca e Costa ou Fernando Lopes, naquela que foi a sua última entrevista.

Mais informações sobre o Doclisboa'16 podem ser encontradas aqui.

Sem comentários: