Hoje vi(vi) um filme: MOTELx'14: Entrevistas - Pedro Rodrigues

terça-feira, 9 de setembro de 2014

MOTELx'14: Entrevistas - Pedro Rodrigues

MOTELx começa já no dia 10 de Setembro e para o Prémio MOTELx – Melhor Curta de Terror Portuguesa 2014, o único galardão do festival, estão a concorrer 13 curtas-metragens nacionais: Bodas de Papel (2014), de Francisco AntunezContactos 2.0 (2014), de Bernardo Gomes de Almeida Rodrigo Duvens PintoDemência (2014), de Rafael AlmeidaDentes e Garras (2013), de Francisco LacerdaEpoh (2013), de Pedro PintoForbidden Room (2013), de Emanuel Nevado e Ricardo AlmeidaGata Má (2013), de Eva MendesJoana de Rosa e Sara AugustoMaria (2014), de Joana ViegasA Morte é o Único Perdão (2014), de Rui PilãoOffline (2014), de Pedro RodriguesPela Boca Morre o Peixe (2014), de João P. NunesSchadenfreude – De Morrer a Rir (2014), de Leonardo Dias, e Se o Dia Chegar (2014), de Pedro Santasmarinas.


Aproveitando o momento, entrevistei Pedro Rodrigues, a propósito da sua curta-metragem, Offline.

De onde surgiu a ideia para Offline?
Pedro Rodrigues: A ideia da curta-metragem Offline surgiu, talvez pelo facto da película "filme", se encontrar numa fase de extinção, o que me deixa deveras triste. Foi muito por aí, criar uma história, que tivesse um final rude, onde envolvesse a paixão, e a obsessão de uma mulher por esse formato, a "película".

A ideia de uma mulher amarrada por película a uma cadeira, como sugere a sinopse, suscita curiosidade. Que pode o público esperar desta curta-metragem?
P.R.: A ideia é precisamente essa, "suscitar curiosidade". É o tipo de argumento que fica um pouco ao critério do espectador, no que corresponde à conclusão da história.

Como é ver Offline seleccionado para a corrida ao prémio para Melhor Curta de Terror Portuguesa do MOTELx?
P.R.: É óptimo ver o nosso trabalho ser reconhecido. O facto de a curta-metragem ter sido aceite no festival, já é motivo de vitória. É o meu terceiro trabalho a ser projectado, no MOTELx. O meu primeiro trabalho foi a curta-metragem NO SILÊNCIO e o segundo o S.C.U.M. E agora tive a oportunidade de realizar o meu terceiro trabalho Offline.

Quais as suas principais influências cinematográficas?
P.R.: Filmes que realmente me marcaram. O Exorcista, Shining.

Sem comentários: